Qual a diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo?

Você já se perguntou qual a diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo? Muitos confundem, pensando que não diferem entre si. Embora ambos estejam conectados, há sim, diferenças entre estes termos.

Saiba agora qual a diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo, o que significam estes termos, quais os conceitos e quais são as estratégias utilizadas por cada um.

Quando se trabalha com Marketing Digital, é bastante comum se deparar com os termos Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo. São conceitos novos, tendo em vista a ascensão desta modalidade do Marketing no mercado dos dias atuais.

Para quem é novo na área, estes dois conceitos podem confundir, por isso sempre há discussões acerca destes termos. Muitos dizem que são a mesma coisa, outros afirmam que são diferentes entre si.

Desta forma surge a questão: será que são sinônimos ou há uma grande diferença entre eles? Vamos ver no post que estes termos são complementares um do outro, pois não há Inbound Marketing sem Marketing de Conteúdo e vice-versa.

Vamos explicar melhor esses dois conceitos e como eles estão relacionados entre si:

 

Inbound Marketing

Traduzido literalmente, a palavra “Inbound Marketing” significa Marketing de Atração. Quer dizer, ao invés de a empresa ir em busca do cliente fazendo uso de técnicas tradicionais de Marketing, o cliente é quem irá voluntariamente encontrar a empresa através dos mecanismos de busca, sites e redes sociais.

No Inbound Marketing o cliente é quem chega até a empresa, não com o intuito de comprar, mas sim, em busca de informações que ele precisa, ou mesmo apenas por curiosidade e acabar descobrindo que ele necessita do que a empresa oferece.

É uma técnica que cabe perfeitamente para os dias atuais, pois é cada vez maior a procura por empresas utilizando os mecanismos de pesquisa.

Diferente do Marketing tradicional, o funil de vendas do Inbound Marketing segue uma ordem mais complexa e com mais detalhes, que engloba os seguintes elementos:

  • Visitantes, que são aqueles que encontram o seu site, visitam, mas ainda não entram em contato com a empresa;
  • Os leads, que são os assinantes da sua newsletter ou quem já baixou algum material gratuito, como um ebook;
  • As oportunidades, que são os leads, já aptos para compra e que já foram leitores do seu conteúdo durante algum tempo;
  • O cliente, que é a pessoa já sabe do que quer e precisa, e sabe que a sua empresa é a ideal para resolver o problema dele. Este então adquire o seu produto.

No Inbound Marketing, as vendas não são obrigatórias, elas acontecem naturalmente, com pessoas que já conhecem e tem algum tipo de contato com a empresa, e sabe que esta pode solucionar o seu problema.

Outra diferença importante entre o Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo, são as estratégias utilizadas para captar clientes, que são as seguintes no Inbound Marketing:

O Inbound Marketing utiliza a Atração

É uma forma de atrair visitantes pelo conteúdo que já foi gerado em blogs ou redes sociais. Os visitantes desta modalidade são atraídos por meio das buscas, que podem ser orgânicas ou através de publicidade paga;

 

Os leads são captados usando iscas digitais

É a coleta de dados de contatos para começar a criar um relacionamento com eles, tornando-os leads. Esta conversão pode ser feita por meio de um produto digital gratuito em uma landing page;

 

Relacionamento com o cliente, antes de efetuar vendas

Este é essencial para o Inbound Marketing levar os leads até o fechamento da compra. É preciso ter se relacionado antes com o cliente por meio das mídias sociais, listas de emails e outras formas de geração de leads.

Após ter criado um relacionamento prévio com os Leads mais próximos, o processo de compra se torna melhor, mais fácil e gera melhores resultados;

 

Análise para identificar melhorias

Para manter tudo funcionando e se desenvolvendo perfeitamente, são verificadas cada etapa, identificando o que precisa de melhorias.

Uma das empresas que utiliza o Inbound Marketing na sua estratégia com seu site é a e-Santé – uma empresa de aplicativos para farmacêuticos. Com o app, o cliente pode marcar uma consulta na farmácia, ou solicitar uma visita farmacêutica em domicílio.

 

Marketing de Conteúdo

Marketing de Conteúdo é uma maneira de gerar textos relevantes para educar, informar e entreter um cliente em potencial. Ele é o combustível do Inbound Marketing.

Marketing de Conteúdo é um termo relativamente novo, porém, seu uso já era conhecido antes mesmo da era tecnológica e digital, ou seja, era um tipo de Marketing offline.

Já em 1895, John Deere publicou seu primeiro artigo na revista “The Furrow”, que tinha por foco assuntos sobre agricultura. O objetivo da revista era informar pessoas interessadas em agricultura e que um dia poderiam comprar uma ferramenta, como um trator. Este é um dos primeiros registros de Marketing de Conteúdo de que se tem notícia, e desde então, as marcas tem feito o mesmo até hoje.

 

Empresas focadas no Marketing de Conteúdo 

A empresa Meu Redator é um exemplo de empresa que utiliza o Marketing de Conteúdo em seu trabalho diário. Por publicar posts em blogs, tanto próprio, quanto de outras empresas, e materiais mais ricos, como e-books, revistas digitais, sempre relacionados a Marketing Digital e Vendas, ela gera conteúdos segmentados para atrair usuários.

Um exemplo de cliente de Marketing de Conteúdo do Meu Redator, é o Blog do Farmacêutico, onde ela cria conteúdos segmentados para atração de usuários deste cliente.

Podemos citar outras empresas do ramo, como a Resultados DigitaisContentoolsRock Content, entre outras.

Diferente de Assessoria de Imprensa, o Marketing de Conteúdo não é fazer a propaganda da empresa ou falar sobre ela em si, mas sim, sobre os valores que ela pode entregar aos seus clientes.

Esta é a verdadeira essência do Inbound Marketing e do Marketing de Conteúdo, sendo o primeiro, uma estratégia de conversão e vendas, quanto ao segundo, uma maneira de gerar relacionamento com o consumidor. O que frisamos é que não há Inbound Marketing sem o Marketing de Conteúdo e vice-versa, e sim o Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo trabalhando juntos para gerar resultados. Um não sobrevive sem o outro.

 

E você, que estratégia mais utiliza nas suas ações de Marketing Digital? Inbound Marketing ou Marketing de Conteúdo? Deixe seu comentário!

Juliano é fundador da Santa Agência, empresa focada em negócios digitais para empresas. Também é fundador do Meu Redator, startup que conta com aproximadamente 4.000 redatores, incluindo professores especialistas, mestres e doutores, criando conteúdo de qualidade para empresas.

Deixe seu comentário:

Seu endereço de e-mail não será divulgado.

Site Footer